Com o intuito de levar a música de câmara para populações do Estado de São Paulo que estão afastadas dos grandes centros urbanos, o Projeto Instrumental Clássico no Estado de São Paulo, uma iniciativa da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, levará uma série de concertos para diferentes regiões do Estado, descentralizando este circuito musical, que costuma ficar restrito aos teatros da capital.

 

 

Apresentaram-se nas mais importantes salas de concertos do país, como Theatro Municipal de São Paulo, Theatro São Pedro em Porto Alegre, Teatro Nacional em Brasília, Teatro Amazonas em Manaus, Teatro Guaíra em Curitiba, Teatro Santa Isabel em Recife, Sala Cecília Meireles no Rio de Janeiro, Teatro Cultura Artística Itaim em São Paulo e Theatro Municipal de Paulínia.

 

 

Formado por músicos requisitados e com uma intensa agenda, o quarteto de cordas se consolidou como um dos mais destacados conjuntos de cordas do país, apresentando-se com convidados brasileiros e internacionais como os pianistas Janis Vakarelis (Grécia), Emmanuel Strosser (França), Roglit Ishay (Israel), Ney Fialkow, Jean-Louis Steuerman, Sérgio Melardi, José Feghali e Gilberto Tinetti; os violinistas Ilya Gringolts (Rússia), Isabelle van Keullen (Holanda), Roy Shiloah (Israel), Hagai Shaham (Israel) e Cármelo de los Santos; os clarinetistas Romain Guyot (França) e Paulo Sérgio Santos; o flautista Antonio Carlos Carrasqueira; e grupos camerísticos internacionais como o Quarteto de Leipzig.